h1

Hora do banho

9 novembro, 2009

Não sou criança, mas acho banho um saco.
E eu sou mulher. Admito.
Mas se não for pra refrescar num dia de calor ou amornar num dia de frio, não há ser-humano que goste de tomar banho.
Mulher não diz isso, porque ninguém gosta de mulher porca.
E quando eu digo ser-humano, incluo mulheres aí. Sim, mulheres são seres humanos, apesar da grande maioria jurar que não. A não ser que precisem da fraqueza do ser-humano pra conseguir algo.
Eu digo. Não me importo.
Sou ser-humano e odeio tomar banho sem razão. Só porque cheguei em casa ou porque o namorado vem me ver?
Se me ama, tem que amar meu fedor.
Nós mulheres, seres humanos, quando amamos um homem, adoramos até os fedores.
Só pra depois dizer pras amigas que sofremos com aquele chulé e que apesar de todo o nosso carinho e dedicação, o homem que nos pertence tira o tênis e joga a meia no sofá depois do futebol.
Ah, a gente adora dizer que algum homem nos pertence. Ele é uma desgraça, indelicado, rancoroso, egoísta. Mas é nosso. E não há homem que seja BOM nas palavras das suas mulheres.
Aliás, nunca vi homem fazer tanto drama.
Talvez por isso eu nunca consiga ser sapatão. Também porque buceta é feia. Juro. Acho um nojo.
Pau, não. Pau é bem feito, alguns parecem desenhados. Obras de arte de deus ou do diabo. Dos dois.
Eu sei que eu tenho uma dessas feiosas, mas tenho nojo. É tipo bustela (ou remela do nariz), todo mundo tem as suas, enfia o dedo, adora a sensação, mas rola aquele nojinho depois, quando limpa na calça.
Aliás, buceta pode ser feia, mas adoro o poder que ela me traz. Nós mulheres, amamos isso.
Ser-humano adora poder e, eu já disse, nós fazemos parte da raça. Aprendemos como usar nosso instrumento para conseguir o que queremos.
Mulher não diz isso, mas quero ver falar o contrário olhando nos meus olhos.
Mas mulher mente, olhando no olho (até porque, não dá pra se concentrar nos dois ao mesmo tempo).
Um homem pra conseguir isso, de mentir olhando no olho, tem que ter treinamento.
Mulher não. Vem com o pacote.
Falando em pacote… o ruim de ter buceta é que os ovários e o útero vêm junto.
E não há outro ser–humano que suporte a dor que isso nos causa.
Só mulheres.
Nosso útero pode guardar a batalha alien x predador, mas continuamos em cima do salto.
Numa falsidade impecável.
Taí outra razão pra eu não conseguir encarar um buceta: a gente nunca sabe de verdade quando a mulher goza. E isto tira meu tesão.
Homem não. A porra é a prova.
E os gestos, os olhos, os urros e , principalmente, o egoísmo.
Homens se preocupam em ter prazer e não em fingi-lo só pra fazer a mulher que lhe pertence feliz.
Membros eretos e héteros: uma classe que também adora poder e possuir mulheres.
Só pra dizer que elas são mais gostosas, amáveis e mães que as outras. E que são SÓ deles.
Querem acreditar nisto a todo custo.
E não seremos nós, mulheres, que desmentiremos isso.
Ainda mais olhando no olho de um outro ser-humano.
Não. Mulher não faz isso não.

Anúncios

2 comentários

  1. Impressionante, é lindo encontrar mulheres com personalidade forte, marcante e própria… até então só conhecia 2: a minha esposa Cathia e a minha companheira de Blog Paula… Parabéns!


  2. Hahaha.. é por essas e outras q eu adooooro teu blog, mana! Tens coragem de dizer coisas q as pessoas se envergonham, às vezes, até de pensar! hahahah



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: