Posts Tagged ‘virgem’

h1

Paralelo

3 novembro, 2008

Tou começando a fazer um paralelo entre virgindade tardia e besteiras na cuca. Acho que depois que se perde o selo, ganha-se mais uns neurônios.

Saca só:
Carol  Miranda, virgem aos 19, sobrinha da Gretchen por opção. Resultado: 2 pornôs na carreira e arrependimento.

Britchney, virgem aos 19, ídolo pop mundial. Resultado: Rehab por anos e destruição da carreira.

Sandy, virgem até casar, ídolo pop brasileiro. Resultado: casou com um dos caras da Família Lima.

Ah! Não esqueçamos da velha Clara, 105 anos, virgem. Resultado: a teoria de que trepar envelhece.

Tá… não lembro mais de nenhuma ex-virgem tardia dos tempos de agora. Graças!
Mas vê se não é estranho…

e ainda tem gente querendo colocar selinho de volta, né Bismarchi?!

Anúncios
h1

É do Brasil-il-il-il!

27 outubro, 2008

Gente… meu sonho é ser a Carol Miranda. Vender o selinho é suuuper in!

Pena que o meu selo já se perdeu tem teeeeempo.

Se bem que, pode ser que eu faça que nem a Ângela Bismarqui e ponha o selinho de novo.
Já pensou no título do pornô? “Perdendo o selinho. O Retorno de jedi“. Já quero!

Se bem que, INMETRO deveria multar essa galera que depois de deslacradas querem botar o selo de novo. Ah, deveria! O que serão das virgens de verdade agora? A virgindade vai perder o posto de mártir da adolescência?

Nãoaceito!

h1

Touched for the very first time

13 outubro, 2008

Cara… Eu ia dizer que continuar virgem depois dos 16 anos é sub-aproveitamento de corpo e de alma.

Ia falar sobre a minha teoria de que a virgindade só faz mal às pessoas depois da idade libertadora, ainda mais nos dias de hoje. Prova disso são:

Miley Cyrus. Like a virgin? Com aquela boceta bochecha?

Mas… depois de olhar certas fotos do Jonas brothers eu percebi que na verdade, pra eles, continuar virgem depois dessa idade é sub-aproveitamento da fama.

Sou uma Lady!
Cara de cu

Sério!

Donde que esses meninos iam conseguir pegar alguma garota (ou garoto) se eles não fossem famosos? Já dizia na adolescência: Nem gripe.

Mas tá. Tem fã pra caralho querendo fuder os manos. Aí, meu amor Google, encontrou um blogs que diz o seguinte:

Anel feito na disney+virgindade+algo escrito que ninguém sabe o que é = isso soa Michael Jackson and Neverland pra mais alguém além de mim?

E o Lenny Kravitz comendo o mingau por fora, também decidiu se abster pra encontrar o amor da vida. Olha como ele anda:

Lenny Kravitz. Selinho’s back.

Donde que esse povo acha que “se não procurar, vai achar”?O ditado não é o contrário? São devotos de São Longuinho?

Minha mente só consegue dizer uma coisa sobre isso: Solta esse anel de pureza, mana!

P.S.: Impressão minha Xerox ou HP? ou a Disney tá deixando todo mundo meio pancada? Tipos, Britney, Justin, Lindsay Lohan, HSMusical, Miley Cyrus and all the freaks da atualidade passaram nesse crivo.

h1

Go fuck yourself 70’s!

7 outubro, 2008

Só tenho um coisa a dizer: os anos 70 fuderam o mundo.

Sério. Desde essa época as pessoas começaram a mudar radicalmente padrões de pensamento e comportamental. Agora chegamos ao ápice.

Falo de Carol Miranda. Minha nova musa pós-amy, pós-britchney.

Vamos voltar aos conceitos que eu tinha quando cresci.
Puta= vende o ato sexual.
Virgem= que nunca esteve em um ato sexual.
Etapas para o sexo: beijo->amasso->pega no peito->passa a mão na bunda->sexo oral->come a buceta->come o cu.
Ok, com exceções, era mais ou menos esse o step by step ooh baby da coisa (new kids on the block. Buu!).

Aí aparece a Carol Miranda que aos 18 continua virgem e faz um filme pornô.
A pergunta veio: Como? Ela só bate uma punhetinha? Ela fica de voyeur? Non.
Ela fez um pornô dando o cu.

E não… para os conceitos dela, dar o cu não é sexo. Ela continua virgem. Ok. Caiu abaixo meu conceito. Afinal sempre estamos disponíveis para mudar de opinião até alguém ter um argumento melhor.

E o argumento dela era… Ah! Sei lá, pows, como é que se passa dias se preparando pra dar o cu? % dias antes começa a brincar com os dedinhos?? (desculpa Eliana)

Que preconceituosa eu sou. Não ouvi o argumento dela sobre este vídeo. Só sobre o próximo. Que já foi gravado e pago. Ela vendeu a perda do selo, como ela diz.

Ok. Ela vendeu sexo.

E não se considera puta, mas continua dizendo que é virgem.

Mais conceitos novos. Virgem= aquela que não praticou sexo por sentimento. Ou seja, seguindo por esta lógica, qualquer prostituta pode ser uma virgem. Ah entendi, Puta é igual a virgem, que por sua vez é igual a Carol Miranda.

Eu entendo a juventude transviada (Luiz Melodia, oi?), sei lá. Tá afim de fazer as coisas de um jeito diferente, mas quando não há mais tabus para serem quebrados, acabamos fazendo merda.

Mas esta Carol Miranda me lembra o James Dean. Rebeldia por rebeldia, saca? Até bem punk dos anos 90 isso.

E enquanto lia este quadro aqui eu pensei: só falta ser um cd infantil.

Mas aí ia ser bem Xuxa, né? E ela tá mais pra Super Freak.

Enquanto eu pensava sobre essas coisas de gente pra frentex me deparo com a seguinte notícia.

Gente, a galera não tá dando certo como político e vira professor de judô?

Uuhu!!! Notícias bombantes neste dia. O próximo passo é fazer um filme, a lá Jack Chan.

E não mais que de repente, vejo a seguinte notícia mais bombástica:

O EGO fez esta matéria pensando em me divertir, juro.

A sorte de hoje do orkut do jornalista era: Hoje é um bom dia para distribuir alegria.

Obrigada, gente. Agora a corrida é essa: Vamo baixar essa parada e dividir comigo!

h1

Continuando virgem

26 setembro, 2008

Ok. Existiam duas coisas que eu acreditava ser impossível você ser meio: gay e virgem.

Você pode ser meio religioso, meio inteligente, meio estranho. Mas meio gay e meio virgem não dá.

Deu o cu = gay. Trepou = não virgem.

Eis que me aparece o seguinte:

Ok. não entendi.

1 – Que grandes coisas pode ser alguém que é sobrinha “de consideração” da Gretchen?

2 – O que ela fez no filme? Só chupou? Nãããããão ela deu o cu. Sim. Fez anal atééééé o cu ficar sem prega.

3 – Dar o cu não é trepar?

Muitas dúvidas me ocorriam até que vi a capa do DVD.

ok… fomos aos anos 70?!

Existia alguma virgem nos anos 70?

Não entendi nada. Os conceitos mudaram. Se agora existe meio virgem, pode existir até meio corno.

Aí eu fiquei extasiada com o clipe da moça no youtube. Sim, ela é MC, cantora de funk.

O que mais posso dizer? Nada. o silêncio me vale.

Será que eu estou fora do meu tempo? Leão Lobo, me salve: DIGNIDADE JÁ!