Posts Tagged ‘amor’

h1

Uma puta nerd

28 fevereiro, 2009

Estava num bar. Desses que não têm uma luz decente. Ajuda nas horas de picotagem. Entra uma figura com uma capa de jedi. JU-RO.
Sentou do meu lado. Sem o mínimo de pudor, perguntei:
– Olha, não é por nada não. Mas a capa de Jedi é porque…?
– Ih, você entendeu a referência? São 50 contos a chupada. É fã de quadrinhos?
– Tu és puta? Não acredito! Te dou 50 contos, pago uma bebida, mas me conta esta tua história.
– Pede uma gin tônica, por favor. E os 50 contos… seguinte, eu tinha uns 17 anos. Comecei com alguns amigos meus. Admito: sempre fui amiga de nerd. Meus amigos nerds eram pessoas excelentes, muito inteligentes e que nunca comiam ninguém. Porra, eu ficava puta com isso. E fiquei de verdade. Não tenho vergonha não. Sou puta, mas me especializei em nerds.
– Faz sentido. Também não ficaria envergonhada.
– Foi pelo social, te dizendo a verdade. Pena mesmo. Um amigo meu que aos 18 anos nunca tinha beijado ninguém e nunca tinha visto peito nem da prima. Foi só pra ajudar, eu juro.
– E ele te pagou por isso?
– Ganhei um playstation em troca. Depois vieram a minha televisão, um notebook… é eles pagam bem. Junta anos de mesada, sem birita nem drogas, pra tu veres?
– E você começou a cobrar 50 contos quando?
– Perdi a vergonha e o discurso social. Ajudar é o caralho! “Chupa o meu sabre de luz” é foda ouvir isso de graça.
– E essa fantasia toda? Devias cobrar mais caro, mana. Sinceramente.
– Ai… esses cosplays me matam. Enquanto a classe se faz de enfermeira, eu tenho que ser a Mary Jane ou a Louis Lane. Estes são os piores, metidos a mocinho, saca? Os caras sempre ficam na dúvida na hora de meter: “será que é correto? E o meu grande amor, como fica?”
– O bom é que pelo menos não tem concorrência, né?
– Mas eu já tou me preparando pra isso. Tou fazendo umas melhorias no material de trabalho. Já orientalizei os olhos e vou botar silicone, ficar assim, que nem um daqueles desenhos que eles adoram, os Mangás. Uma galera novinha que tem me procurado. Adoram isso.
– Pows, e eu sempre dando pra esse povo de graça. Não tem nenhuma dessas coisas que você não use mais? É que o meu namorado é meio fissurado, meio nerd…
– Olha, se tu quiseres comprar, tenho uma lingerie com os botões do joystick do Nintendo. É super instrutivo, principalmente quando eles usam os macetes do jogo.
– Putz! Agora mesmo! Mas e aí, tu tens uma galera fixa? O que tem de amigo meu que ia adorar te conhecer…
– Eu tenho até perdido uns clientes. Ficam confiantes e finalmente vão atrás de mulher. Mas continuam amigos, sempre me ligam pra contar um macete novo ou em que fase eles estão no jogo com a namorada.
– Taí… gostei de ti. Te arranjo uns clientes novos. Tem uns emos aí que eu conheço…
– Ah… esses emos podem mesmo até ser uma boa, um bando de moleque sem coragem na vida, mas sei não. Não sei se ia agüentar alguém chorando enquanto goza.
_______________________________________________
Uma das personagens da nova temporada do meu show.
Eu sei, eu fazia mesmo só stand-up.
Mas agora vão ter personagens também. Montando a puta nerd ainda. Voz, roupa, trejeitos.
Aguardem também pela Weblen Nogueira, blogueira, orkuteira e tuiteira.Tem que aceitar! Não gostou? então bloqueia!

Anúncios
h1

Só pra constar…

23 outubro, 2008

Wagner Moura é um tesoooourooo!

Como Capitão Nascimento ele tava meio feio… mas lembremos de outras participações, ok?

Esta é a comunidade pro rapaz.

Comunidades me entendem tão bem…

h1

Garota papo firme

23 outubro, 2008

Namorar peça da jovem guarda…
Isso que é ser vintage, tá meu bem!

Será que ele vai parar de cantar “Mulher de 40” e voltar a cantar “Essa garota é papo firme..”?

h1

Amor incondicional

10 outubro, 2008

Eu odeio muitas coisas, mas admito que tenho amores incondicionais. Digo isso porque, não importa se me fazem mal, se não trabalham direito ou se me enganam, eu amo ainda assim. Consciente. Mas apaixonada.

Meu primeiro grande amor é a Coca-cola. Não importa se dá câncer. E daí, que é só açúcar? Engorda? Foda-se.
Coca-cola na sua versão garrafa de vidro com 1litro. É a melhor coisa que existe. Nada substitui o primeiro gole de uma Coca-cola. Nada. E não me venha com Coca-zero. Quer saúde? Vai tomar suco!

O Google é o máximo. Eu jamais seria publicitária sem o Google. É a melhor fonte de qualquer informação. Até das escrotas. Minha fonte de inspiração e formação.
Não tem nada que preste? Também. Se você digitar Cirio no Google images, por exemplo, a primeira coisa que aparece é uma mulher pelada, em vez de aparecer Nossa senhora de Nazaré. Pela putaria. Google na cabeça.

Self-service é a melhor invenção do mundo no quesito restaurantes. Você sai pra um restaurante e não espera pra comer. Isso já é excelente. E pode tratar o garçom mal. Ele não vai poder cuspir no seu prato. E sabe o que há de melhor? Você pode misturar tudo num prato só. Peixe, purê, farofa, sopa… não importa. Todos juntos vamos, pra frente brasil… adooooooro isso.

Neosaldina sempre funciona. Porque mesmo que não passe a dor de cabeça, na hora que eu tomo eu já fico feliz. Afinal aquilo parece um M&M. Amo neosaldina. Em vez de remédio, é chocolate. Ilusão das boas.